Terça-feira, 24 de Abril de 2007

Entevista a Luciana, TV Guia

Foi a um Sábado, no intervalo das gravações de Floribella 2, após o almoço, que a protagonista da SIC falou à TV Guia.

Como o dia estava quente, Luciana Abreu sugeriu que a conversa decorresse ao Sol e sobre o chão de cimento. Fazia sentido porque a actriz desta entrevista confessional, mesmo vestida de princesa, tem os pés assentes na terra, não esconde a mágoa da fama ser diferente do que pensava e garante estar longe de ser rica. Mais do que diz, eis o que Luciana deixa subentender…

 

 

Como está a correr o regresso às gravações de Floribella?

Está a ser óptimo. Voltámos a gravar ao mesmo ritmo, são as doze horas por dia na mesma. É muito trabalho.

 

Que aspectos desta série mais gosta?

A Flor está mais madura. O coração dela não muda, as responsabilidades é que são maiores e fazem-na mais crescida. A preocupação com os meninos é a mesma, cada vez se vai dar pior com a Delfina e com a Magda, mas vai-lhes fazer frente. Com o Máximo (Ricardo Pereira) é cão e gato.

 

Gosta da nova imagem?

Adoro. Agora uso babylise no cabelo, a maquilhagem é mais carregada e uso eyeliner. As roupas são com rendinhas, gangas com fitinhas e os ténis são muito mais giros também. Esta nova imagem dá imensa força à minha personagem.

 

Como está a ser o entendimento com Ricardo Pereira?

Estamos a dar-nos bem, cada vez melhor. Ainda estamos a conhecer-nos e foi difícil gravar as primeiras cenas porque nunca tinha contracenado com ele.

 

É desta que a Flor vai ter um final feliz?

Já ouvi dizer isso… (risos) Esta novela é muito cómica, tem cores brutais e as pessoas vão adorar. Gosto mais desta série do que da anterior, o CD está magnífico. Espero que seja um ano em grande, se Deus quiser! Tenho fé.

 

Depois de Floribella, como vai ficar a sua imagem?

Como não cheguei lá, não posso responder.

 

Como gostava que os outros a vissem?

Como me vêem. O que me tranquiliza é que as pessoas sabem que sou a Luciana Abreu.

 

Há confusão entre a Flor e a Luciana...

Flor tem coisas que eu também tenho, a maneira de ser. Mas também são diferentes.

 

Na peça de teatro Cabaret Carioca aparecia sensual. Afinal, é ousada?

Como actriz sou o que tiver que ser. Sou do signo de Gémeos, o que explica muita coisa. Foi uma experiência muito boa, foi a primeira vez que fui protagonista de uma peça.

 

Mas o que tem a Luciana Abreu a mais do que a Flor?

A Luciana é uma menina que já sofreu, já passou bastante na vida, teve de amadurecer mais rápido do que o normal. É lutadora e boa pessoa porque tenta fazer o bem a todos, mesmo que lhe façam mal (fica com os olhos marejados). E não desiste nunca.

 

Olha para o passado com lágrimas?

Com tristeza e por me lembrar das pessoas más que há no Mundo, do que são capazes para prejudicar os outros. Às vezes, converso com Deus e digo: “Que mal é que fiz a esta gente para me tratarem assim e me fazerem mal?” Mas este ano é uma fase nova e a Luciana de hoje tem o dobro da força.

 

Sente a pressão dos resultados?

Sinto e também me imponho isso. Na série passada comecei a ficar tão cansada que cheguei a um extremo e deixei-me ir abaixo.

 

Como vai combater isso agora?

Agora já sei o que me espera, já tirei a lição de erros que possa ter cometido.

 

Vai ter mais vida pessoal?

Vou exigir isso de mim agora. Embora não saia à noite, tenho que ter tempo para mim, coisa que não tinha. Tenho que descansar, mas também tenho que sair, dar um passeio, ver o Mundo. Não me posso fechar entre quatro paredes só porque meti na cabeça que tenho que repousar. Como só tenho a noite de Sábado e o Domingo, sento que nesse dia à tarde já estou com os textos da novela na mão para Segunda-Feira, tento fazer coisas que me deixem feliz.

 

Como reage às declarações de que Luciana não é uma estrela SIC, embora esteja na grelha com regularidade?

Não vou comentar. Foi, com certeza, um mal-entendido da parte da Imprensa ou não sei…

 

Falava-se de estrelas SIC e foi perguntado se Luciana era uma estrela.

Podia explicar um monte de coisas, mas não vale a pena neste momento.

 

Ficou zangada?

E daí, nem sei se vos diga ou não… Dê-me um minuto, por favor. (Luciana faz um telefonema e regressa). Vou ser elegante ao ponto de não comentar. Se não foi um mal-entendido, então não sei o porquê dessa conversa, não faz sentido mediante uma série de coisas que vêm de trás. Mas não vou dizer mais.

 

Soraia Chaves é uma estrela SIC e está a estudar fora. A Luciana ainda não teve essa oportunidade. É uma vontade sua?
É uma vontade minha e vou fazer o mesmo mal tenha oportunidade.

Mas pode haver um novo projecto na SIC para si?
Se houver, talvez seja provável que aceite porque tenho uma casa para pagar. As pessoas pensam que eu estou rica, mas não estou. O dinheiro foi todo dividido… Em termos de merchandising foi zero!


Não recebia uma parte?
Não, não. Portanto, se houver outro projecto, talvez aceite. Mas mesmo que o faça, depois vou estudar para fora. Sinto muito essa falta.


Ainda tem o 11º ano por completar?
Sim, tenho. Vou começar a ter aulas de inglês depois do meu dia de trabalho. Será um esforço suplementar, duas ou três vezes por semana. Na verdade, não há maior escola do que estar a contracenar com grandes actores. Tive a prática com professores de teatro, mas, mesmo assim, quero formar-me, quero aprender o máximo possível porque as pessoas, infelizmente, olham para nós de maneira diferente. Respeitam-nos mais.


Quando sonhava fazer uma novela, pensava que este Mundo era mais justo?
(Silêncio) Pensava.

Está muito magoada?
Estou mesmo muito.

Mas com o quê? Com o trabalho, com a SIC, com este Mundo?
Não vou explicar.

O que gostava de fazer após a novela?
Cinema português ou lá fora. Adorava ter a oportunidade e estou a trabalhar para isso. Como actriz – se é que eu me posso chamar de actriz, porque não tenho curso – sinto que amadureci muito e que aprendi. Por exemplo, faço uma cena e vou à régie ver se ficou tudo bem feito e não largo o realizador enquanto ele não me disser se está bem ou não.

E em casa, vê a Floribella?
Nem sempre. Às vezes saio dos estúdios tão tarde que chego a casa e já está no fim. Não trabalhava só 12 horas, eram mais. Cheguei a trabalhar 19 horas… seguidas.

Está mais inflexível?
Estou a mesma, o meu coração também mudou. Mas cresci muito e aprendi com os meus problemas de saúde. Acabou-se!

Reviram-lhe o salário em Floribella?
Por uma questão de ética não vou comentar. Comprometi-me com o sigilo absoluto.

Falou-se do namoro com o Mickael Carreira. É verdade?
Conheci o Mickael nos Globos de Ouro do ano passado. Sou colega, amiga e falo com ele quando nos cruzamos no trabalho. Mais do que isso não. Meu Deus… Mickael Carreira, Diogo Amaral. Quem foi mais?

João Paulo Rodrigues?
Foi uma paixão, foi o meu namorado. Mas nunca fui muito de namorar, mesmo na escola. Não ia muito para aí, dedicava-se mais à bola, joguei futsal durante dois anos.

Agora, está só?
Estou só.

Casamento está nos planos?
Está, pois. Quero casar, quero ter filhos, mas antes quero adoptar. Só é pena que precise de estar casada para o fazer. Se pudesse mudava muitas leis neste País e, se calhar, é por isso que Portugal não vai para a frente. É uma tristeza. Há pessoas que têm dinheiro para ajudar crianças e o sistema prefere tê-las num orfanato, sem pais, sem ninguém.

Continua com Jesus Cristo na mala?
Não, fui assaltada. Agora tenho uma carteira de santinhos e a Bíblica, como sempre tive. Agora o “JC”, foi-se… tanto viajou comigo… Fiquei tão triste, até chorei! Tinha tanto significado, ajudou-me a ultrapassar muitos maus momentos da minha infância…

Como estão as relações com o seu pai?
Não é o momento certo, em breve falarei.

Na adolescência, experimentou beber, fumar um cigarro?
Não. Não tive adolescência e não me arrependo disso porque fui feliz.

Não tem curiosidade?
Consegui escapar, felizmente. Tudo o que passei fez-me escolher o bom caminho. Agora que sou maior de idade, tinha a oportunidade, mas respeito a minha mãe em tudo e ela recomenda-me o melhor. Mas como não gosto e acho errado… Também tenho que dar o exemplo, porque as crianças prestam muita atenção ao que eu faço e isso dá-me uma alegria enorme.

Faz dieta?
Nunca fiz, como muito mas não engordo. O que me safa são os doces para não ficar um palitinho! (risos)

O que representou o Globo de Ouro?
Fiquei felicíssima. Sempre sonhei ter um Globo de Ouro!

Onde está guardado?
Está entre os meus santinhos. Tenho um altarzinho em casa e o Globo está lá.


in TV Guia.

E Eu?

Perfil

Título do blog:Floribella É Magia.
Tema:Floribella (2).
Versão: Conde e Flor.
Breve Intro:Bem, depois do Frederico ter ido p'ró ceú [=( coitadinho do nosso príncipe encantado..], Flor teve de ficar a aturar as bruxas, para impedir que elas fizessem mal aos seus "txinkiwinkis". O pior (ou não), é que Fred deixou a guarda dos pequenos Fritzenwalden ao...Conde Máximo Augusto Calderão de Lá Oia! E a atracção entre o Máx e a Flor torna-se cada vez maior, a cada dia que passa...

Flores Recentes

A despedida...

Luciana no Só Visto e Ami...

A Verdadeira Floribella 2

Luciana no Só Visto e Ami...

A Banda na praia / Diário...

Ri-Menu

Luciana vai lançar cd a s...

Vídeo do episódio

Os concertos da Floribell...

Novo site da Floribella 2

Luciana venceu o Dança Co...

Luciana no Dança Comigo

Jardins

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006